Imóveis

CONHEÇA MARICÁ





Maricá é um município situado no litoral do estado do Rio de Janeiro. localiza-se a 22º55'10" de latitude sul, 42º49'07" de longitude oeste, a 5 metros de altitude.

O território municipal estende-se por 362,571 km² e é dividido em quatro distritos: Maricá (Centro), Ponta Negra, Inoã e Itaipuaçu.

O acesso ao município pode ser feito tanto pela RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto), que liga o município às cidades de Niterói, São Gonçalo e Saquarema, quanto pela RJ-114, que faz a conexão com o município de Itaboraí e as rodovias RJ-104 e BR-101.

O município de Maricá também é conhecido por suas propriedades rurais, chácaras e grandes fazendas, muitas delas ricas em conteúdo histórico. O trem também já passou pela cidade e ainda hoje se encontram resquícios daquela época, como estações, trilhos, um túnel e uma ponte no bairro de Inoã, com a inscrição da Estrada de Ferro Maricá.


         


GEOGRAFIA

Maricá é rodeada por maciços costeiros. As serras principais são: Calaboca, Mato Grosso (onde se localiza o ponto mais alto do Município - o Pico da Lagoinha, com 890m), Lagarto, Silvado, Espraiado e Tiririca.

O município apresenta um grande complexo lagunar que contempla as lagoas de Maricá, Barra de Maricá, do Padre, Guaripina e Jaconé, além dos canais de Ponta Negra e de Itaipuaçu que ligam as lagoas ao mar.

Também é conhecida por suas belas praias oceânicas, dentre as quais destacam-se a de Jaconé, Ponta Negra, Barra de Maricá, do Francês e Itaipuaçu. A topografia peculiar cria um ambiente propício à prática de esportes como voo livre, trekking e moutain bike, dentre outros.

A Serra da Tiririca, entre Maricá e Niterói, é um Parque Estadual com um valioso trecho de mata atlântica. A Área de Proteção Ambiental - APA Estadual de Maricá é uma área tipicamente de restinga, localizada na costa do município, é formada pela antiga fazenda São Bento da Lagoa, a Ponta do Fundão e a Ilha Cardosa, abriga a Comunidade Pesqueira tradicional de Zacarias, presente na área desde o século XVIII, sítios arqueológicos e o complexo ecossistema de restinga. Este último formado, entre outros componentes, por tabuleiros costeiros, um duplo cordão arenoso coberto por dunas, brejos, vegetações e fauna de restinga. A sua construção promoveu a constituição do sistema lagunar Maricá-Guarapina pelo fechamento da antiga enseada.

Possui, ainda, uma grande área urbana de ocupação rarefeita e formada por dezenas de bairros e condomínios. A maior parte dos domicílios é de uso permanente, sobretudo no Centro da cidade e nas localidades mais antigas. Nas áreas do litoral e nas margens das lagoas as residências são majoritariamente utilizadas para o turismo do tipo veraneio.


HIDROGRAFIA

Maricá é um município que apresenta um dos maiores complexos lagunares do estado denominado Maricá-Guarapina, com rios, lagoas, riachos e brejos.

O sistema lagunar é formado pelas lagoas Brava, de Maricá, da Barra, do Padre e Guaripina. A lagoa de Jaconé fica isolada, à leste na divisa com Saquarema.

O território municipal corresponde à bacia hidrográfica do grande sistema lagunar, um fato bastante raro. Desta forma, praticamente todos os rios nascem e deságuam dentro do município. Seu principal rio é o Itapeba/Mombuca que não passa dos 20 metros de largura, mas abastece o Centro da cidade e alguns bairros. Maricá também tem canais artificiais que ligam o complexo lagunar ao mar como os canais de Ponta Negra e Itaipuaçu. A abertura destes canais nos anos 50 terminou com o regime natural de abertura de barra que acontecia entre Barra e Guaratiba.


TURISMO

A Cidade de Maricá tem um dos carnavais de rua mais ativos da região e atrai turistas de diversas regiões do Estado do Rio de Janeiro.

Devido a suas características geográficas, possui pontos turísticos diversificados, dos quais destacam-se: - Lagoa de Araçatiba e Boqueirão - Farol de Ponta Negra - Cachoeira do Espraiado - Rampa de Parapente (Bairro do Retiro) - Pedra do Elefante (Bairro de Itaipuaçu)


TRANSPORTES

Maricá é uma cidade que passou a fazer parte da região metropolitana, a partir de 1975 e que recebe grande influência de Niterói e do Rio de Janeiro. É um município de fácil acesso e mesmo sendo uma localidade litorânea, não tem porto.

O transporte intermunicipal é feito pela Viação Nossa Senhora do Amparo, ligando o centro do município ao Rio de Janeiro e Niterói. Há também os ônibus saindo de Itaipuaçu regularmente com destino às mesmas cidades. Existe um serviço especial com ônibus saindo do distrito de Ponta Negra em direção à cidade do Rio de Janeiro, e vice-versa, em horários de pico para desafogar os veículos que saem do centro da cidade.

O transporte municipal é feito pelas viações Costa Leste e Nossa Senhora do Amparo, metade do município para cada uma. Os ônibus partem do Terminal Rodoviário Jacinto Luis Caetano (homenagem ao fundador da Viação Nossa Senhora do Amparo).


RODOVIÁRIO

RJ-106, a rodovia Amaral Peixoto. Começa no distrito de Tribobó (São Gonçalo), corta Maricá de oeste a leste, passa por Araruama, Macaé, Quissamã e acaba em Campos.

É a principal rodovia de Maricá e uma das principais do estado. Ela é duplicada de Tribobó até a entrada da cidade de Maricá (km. 30,5), passando a ser pista simples deste ponto até a Serra do Mato-Grosso (km. 45).


RJ-102, a Avenida Central Litorânea. Começa em Niterói e vai beirando o mar até Armação dos Búzios. Passa pelos distritos de Itaipuaçu e Ponta Negra e pelos bairros de: Zacarias, Jardim Atlântico, Guaratiba, Cordeirinho e Jaconé, todos litorâneos.


RJ-114, corta o município de norte á sul e faz ligação com os bairros de Ubatiba e Barra de Maricá. Entre o centro e a Barra ela é chamada de Avenida Ivan Mundim e está em péssimo estado. E uma das saídas é passar pela beira da lagoa em Araçatiba. Já do centro até a divisa com Itaboraí ela está em ótimo estado;


RJ-118, Acesso ao distrito de Ponta Negra, na altura do km. 43 da RJ-106, passando pelos bairros de Bananal, Jaconé e retornando na direção da RJ-106, na localidade de Sampaio Corrêa, já no Município de Saquarema. .


Outras Rodovias

RJ-104, a Niterói-Alcântara. Liga o município de Niterói até o distrito de Manilha. Passa por Tribobó onde começa a rodovia Amaral Peixoto(RJ-106).


BR-101, a Ponte e a Niterói-Manilha. É também um acesso para Maricá, mediante percurso pela RJ-114, na altura do Município de Itaboraí.


AEROVIÁRIO

O aeródromo de Maricá está autorizado a operar aeronaves de pequeno porte e jatos executivos leves, porém é utilizado principalmente pelas escolas de aviação civil. Com 1200m e pista asfaltada, Maricá tem um dos principais aeródromos da região estando localizado próximo à Lagoa de Araçatiba.


DEMOGRAFIA

Atualmente é um dos municípios de maior ritmo de crescimento populacional do estado. Sua população em 2010 de acordo com o censo do IBGE era de 127.461 habitantes e é importante ressaltar que Maricá, cada vez mais, abriga uma população de origem metropolitana.



BAIRROS:



1* DISTRITO

20- Araçatiba
21- Barra
23- Caju
15- Camburi
16- Caxito
19- Centro
24- Condado
17- Itapeba
22- Jacaroá
25- Pilar
27- São José de Imbassai
12- São Bento da Lagoa
26- Silvado
18- Ubatiba
13- Zacarias

2* DISTRITO

32- Bambuí
33- Cordeirinho
36- Engenho Velho
37- Espraiado
31- Guaratiba
38- Jaconé
30- Jardim Interlagos
28- Manoel Ribeiro
34- Ponta Negra
35- Vila do Bananal

3* DISTRITO

06- Bambu
08- Cassorotiba
09- Itatindiba
07- Nossa Sra. Da Conceição
11- Pedrã de Inoã
10- Vila de Inoã

4* DISTRITO

05- Cajueiros
02- Itaocaia
03- Jardim Atlântico
04- Lagoa Brava
01- Vila de Itaipuaçu




  • Financiamento
  • Simule um financiamento
  • Cadastre seu imóvel
  • Negociamos com toda segurança
  • Encomende seu imóvel
  • Não encontrou? Nós procuramos
  • Navegue fácil